terça-feira, 26 de setembro de 2017

Nota – Esclarecimentos sobre as acusações feitas pelo ex-secretário do Sinspmar

A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis – Sinspmar, em resposta às acusações do ex-secretário do sindicato, Christiano Alvernaz, expostas em vídeo divulgado na internet, na semana passada, coloca-se à disposição dos servidores para responder aos questionamentos colocados por ele, na intenção de fornecer a versão da entidade sobre os fatos.

O ex-secretário da entidade não foi expulso gratuitamente ou de forma arbitrária. Inicialmente, a diretoria do Sinspmar havia sugerido o afastamento temporário do diretor, por 90 dias, para investigar suspeitas relacionadas à utilização do cartão de crédito do sindicato e de veículos da entidade para uso pessoal.

O diretor não aceitou a sugestão de afastamento. Porém, com a comprovação das suspeitas por parte do Sinspmar, através de provas em vídeo e em extrato bancário do mesmo cartão, confirmando o abastecimento e a utilização dos veículos, sendo a Kombi utilizada para trabalhos da Cruz Vermelha durante a Festa Internacional Literária de Paraty – FLIP sem a autorização ou conhecimento da diretoria – comprovado por foto –, não havia outra saída que não fosse a produção de um ofício, por parte do sindicato, colocando o agora ex-primeiro secretário à disposição do governo. Portanto, o que motivou a saída do ex-diretor Christiano Alvernaz foi o uso indevido da máquina do Sinspmar para utilização do próprio.

O Sinspmar esclarece também que deu parte na polícia quanto à utilização do patrimônio do sindicato pelo ex-secretário.





sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Processo sobre o resíduo do FGTS de servidores ainda está em andamento


Boato relacionado à conclusão do caso fez com que dezenas de pessoas ligassem para o Sinspmar; sindicato divulga lista de servidores que poderão ser beneficiados       


Desde o começo desta semana, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis – Sinspmar vem recebendo uma série de ligações telefônicas cobrando informações sobre o processo nº 0027297-13.2000.4.02.5101, a respeito de resíduo do FGTS que tramita na 16ª Vara Federal do Rio de Janeiro.

O referido processo encontra-se terceirizado desde sua entrada na justiça no ano de 2000. Ainda assim, o jurídico do Sinspmar está acompanhando o caso. Assim que alguma conclusão relacionada ao processo for publicada oficialmente, divulgaremos em todos os meios de comunicação.

Por hora, o Sinspmar divulga a lista de servidores que poderão ser beneficiados caso a justiça determine que o funcionalismo tem direito ao resíduo – lista abaixo. A relação de páginas divulgadas pelo Sinspmar foi retirada dos próprios arquivos da entidade.