quarta-feira, 31 de janeiro de 2018

Sinspmar cobra na justiça um terço da carga horária para coordenação pedagógica

Ação foi distribuída pelo departamento jurídico do sindicato na última segunda-feira

O setor jurídico do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis – Sinspmar deu entrada na última segunda-feira, 29 de janeiro, numa ação com o intuito de cobrar do governo o pagamento de um terço da carga-horária para coordenação pedagógica dos servidores da educação.

O Sinspmar vai postar no site oficial da entidade e nas redes sociais quaisquer novidades oficiais a respeito da ação, cujo número é 0001710-17.2018.8.19.0003.




quinta-feira, 25 de janeiro de 2018

Sinspmar em reunião com o governo

Sindicato cobra comunicação permanente da prefeitura por conta da proximidade com a data-base      


A diretoria do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis – Sinspmar e o setor jurídico da entidade participaram de uma rápida reunião com representantes da Prefeitura de Angra na tarde de ontem, quarta-feira, 24 de janeiro, com o objetivo de dar início, de forma contínua, às conversas em relação à data-base do funcionalismo, que se aproxima – março.

O secretário de Governo e Relações Institucionais, Marcus Veníssius Barbosa, o secretário de Administração Carlos Macedo Costa e representantes da assessoria de imprensa da prefeitura participaram da reunião, que foi realizada no Salão Nobre da Prefeitura.

O Sinspmar vem tentando estabelecer uma linha de comunicação com o governo desde o final do ano, entendendo que a data-base está cada vez mais próxima e que os servidores não poderão amargar novamente um 0% nas negociações salariais. A diretoria do Sinspmar expôs essa afirmação aos secretários e membros do governo presentes, que ficaram de captar informações mais detalhadas sobre a situação financeira da prefeitura e transmitir esses dados ao Sinspmar num próximo encontro.

Na reunião que será marcada ainda antes do Carnaval, o Sinspmar pediu, através de ofício, que tanto o prefeito Fernando Jordão quanto o controlador do município, Roberto Peixoto, participem da conversa, entendendo que o assunto merece total atenção e seriedade por parte do governo municipal.

A diretoria do Sinspmar não vai abrir mão dos direitos oferecidos por lei ao funcionalismo. O intuito do sindicato é de que todas as perdas dos servidores sejam pagas. Por conta disso, foi pedido que, na próxima conversa, a prefeitura apresente a folha analítica ao Sinspmar, para que a data-base possa ser estudada de forma profunda por parte da entidade. Caso a prefeitura apresente qualquer proposta de reposição salarial, antes ou depois da próxima reunião, o sindicato levará a questão à assembleia.


 
A diretoria do Sinspmar e representantes do governo em reunião


Crédito da foto: Wagner Gusmão

segunda-feira, 22 de janeiro de 2018

Sinspmar acompanha o pagamento do valor arrestado em 2016

Sindicato cobra
Informações atualizadas do Angraprev quanto ao parcelamento que a prefeitura já começou a pagar

Em dezembro de 2016, o Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis – Sinspmar conseguiu uma grande vitória na justiça ao colocar o salário dos servidores em dia, através de um pedido de arresto oferecido pelo setor jurídico da entidade.

A maior parte da verba utilizada para o pagamento dos atrasados do funcionalismo veio do Instituto de Previdência Social de Angra dos Reis – Angraprev. Após o pagamento, a Prefeitura de Angra formalizou o parcelamento do dinheiro usado no arresto em 60 vezes, a começar em janeiro de 2018.

De acordo com ofício enviado pelo Angraprev – em resposta ao pedido de informação do Sinspmar –, a primeira parcela foi paga corretamente pelo governo municipal. O Sinspmar vai continuar divulgando os pagamentos do parcelamento relacionado ao arresto, de forma contínua.





quarta-feira, 17 de janeiro de 2018

Sinspmar cobra 1/3 das férias do servidor

Prefeitura aguarda repasse estadual – ICMS – para efetuar o pagamento         


O Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Angra dos Reis – Sinspmar vem cobrando constantemente o governo municipal quanto ao pagamento do 1/3 de férias dos servidores, que não foi efetuado até a presente data.

Num primeiro momento, a diretoria do Sinspmar recebeu reclamações do funcionalismo quanto à ausência do pagamento; logo em seguida, repassou a cobrança dos servidores à prefeitura; por fim, por conta da demora quanto à resposta de uma data correta relacionada ao pagamento, a entidade conseguiu agendar uma reunião com o secretário de Administração, Carlos Macedo Costa, para esclarecer com o representante do governo o que estava acontecendo.

De acordo com o secretário, a prefeitura aguarda o repasse do ICMS, por parte do estado, para poder efetuar o pagamento do 1/3 das férias do funcionalismo. Segundo Carlos Macedo, a verba deverá ser repassada a qualquer momento, sendo rapidamente revertida aos servidores que esperaram por essa parte tão significativa de seus proventos.